1,8 milhão de trabalhadores não sacaram abono salarial. Prazo acaba no final do mês

0

Todos os valores não retirados serão usados para o pagamento de benefícios como seguro-desemprego.

1,8 milhão de brasileiros ainda não foram buscar pelo abono salarial do PIS/Pasep do ano-base 2015.

Esse número foi divulgado pelo Ministério do Trabalho para servir de alerta, já que falta menos de um mês para terminar o prazo determinado para buscar os valores – os saques podem ser feitos até o dia 30 de junho.

Desse total, quase 1/3 das pessoas é de São Paulo. O estado possui mais de 520 mil trabalhadores com direito ao abono salarial e que ainda não foram até uma casa lotérica ou agência da Caixa Econômica ou do Banco do Brasil para retirar seu benefício.

Os valores que não forem retirados até o termino do prazo serão direcionados para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). De acordo com o ministério, esse montante será então utilizado para pagar benefícios como seguro-desemprego e abono salarial do próximo ano

Prazo para saque de abono salarial acaba em Junho

 

O abono salarial

O abono salarial é conferido para todas as pessoas que trabalharam ao menos 30 dias com carteira assinada em 2015, com remuneração média de até 2 salários mínimo, e que teve seus dados informados pelo empregador na Rais (Relação Anual de Informações Sociais).

A pasta trabalhista explica que o valor a ser recebido por cada um dependerá de quanto tempo ela atuou com carteira assinada ao longo daquele ano.

“Se ela trabalhou durante 12 meses, vai receber o valor total do benefício, que é de um salário mínimo (R$ 937). Se trabalhou por apenas um mês, vai receber o equivalente a 1/12 do salário (R$ 78) e assim sucessivamente”.

Expectativa do governo

O governo estima que, até o final do prazo, 22,3 milhões de pessoas busquem o benefício. Com isso, seriam sacados R$ 14,8 bilhões.

Mesmo que a projeção seja concretizada, os números de 2017 serão menores do que a de 2016. No ano passado, 22,61 milhões de trabalhadores (95,93% do total de pessoas que tinham direito ao benefício) retiraram o abono salarial do PIS/Pasep (na oportunidade, do ano-base 2014).

A maior marca, entretanto, foi registrada em 2009, quando 96,3% dos beneficiários sacaram seus valores.

Prazo para saque de abono salarial acaba em Junho

Quem tem direito e como sacar?

Para saber se há valores a serem sacados, os trabalhadores podem fazer uma consulta no site do Ministério do Trabalho, informando número de CPF ou do PIS/ Pasep e além de data de nascimento.

Em alguns casos, o benefício é depositado diretamente na conta do trabalhador. Já para os casos em que isso não acontecer, o trabalhador deverá levar seu Cartão do Cidadão ou documento de identificação para uma agência da Caixa (no caso do PIS) ou do Banco do Brasil (para servidores públicos com direito ao Pasep). O benefício também pode ser retirado em alguma casa lotérica.

Mais informações sobre o abono salarial podem ser obtidas na Central de Atendimento Alô Trabalho – 158; pelo 0800-7260207, da Caixa; e pelo 0800-7290001, do Banco do Brasil.

Compartilhar

Sobre o autor

Guilherme Uchoa

Integrante do Núcleo de Comunicação do Grupo Skill. Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, e pós-graduado em: Apuração e Produção de Reportagem; Criação e Edição do Texto Jornalístico para Diferentes Mídias; Jornalismo Cultural; Teoria da Comunicação; Comunicação, Redes Sociais e Cibercultura; e Comunicação, Globalização e Cultura da Imagem.

Os comentários estão fechado.