Consumidor pode consultar online quais são suas chances de obter crédito

0

Ferramenta disponibilizada por dois dos principais bureaus de crédito do Brasil permite que consumidor saiba com antecedência se conseguirá crédito ou não.

score de crédito, crédito, nome negativado, inadimplente, consumidor, serasa, scpc

A partir de agora as pessoas podem consultar pela internet quais são suas chances de conseguir empréstimo, financiamento e carnês no mercado.

Isso porque os dois principais bureaus de crédito do Brasil – Serasa Experian e Boa Vista SCPC – liberaram para o consumidor a possibilidade de realizar a consulta online de seu score de crédito.

O score de crédito consiste em uma pontuação usada para medir os riscos que existem de inadimplência. Ele é usado por muitas empresas no momento de avaliar se devem ou não fornecer créditos para determinado consumidor.

Mesmo que o score de crédito não seja o único fator para determinar a concessão de crédito, ele é um dos mais importantes.

Para determinar o score de crédito são levados em conta fatores como: pagamento de contas em dia, histórico de dívidas negativadas, frequência de busca por crédito no mercado e os dados cadastrais atualizados.

Conforme explica Fernanda Monnerat, diretora do Serasa Consumidor, “por trás de um número apresentado de forma simples, há um grande conjunto de informações sobre os lastros que você deixou no mercado”.

Consulta gratuita

score de crédito, crédito, nome negativado, inadimplente, consumidor, serasa, scpc

Os dois bureaus de crédito passaram a permitir que a consulta do score seja feita de maneira online e gratuita. Dessa forma, o consumidor é beneficiado, uma vez que pode saber antecipadamente qual é sua nota e quais erros financeiros precisa corrigir para aumentar suas chances de obter crédito

O acesso ao score de crédito é um direito básico de todos. O sistema de pontuação de risco é um componente indispensável da sociedade de consumo hoje, mas precisa ser transparente e não pode funcionar no escuro”, argumenta Rafael Zanatta, pesquisador da área de tecnologia do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).

Para fazer a consulta gratuita do score de crédito da Serasa Experian, é preciso acessar o site Serasa Score. Por lá, a pontuação será conferida entre 0 e 1.000 sendo que, quanto maior for o número, maior será a chance de o consumidor conseguir crédito.

no caso do score da Boa Vista SCPC, a pessoa deve fazer seu cadastro no portal Consumidor Positivo, onde a pontuação também é conferida de 0 a 1.000. Nessa página o consumidor ainda consegue verificar se existe algum débito vencido em seu nome.

Crédito preconceituoso

score de crédito, crédito, nome negativado, inadimplente, consumidor, serasa, scpc

Essa iniciativa, entretanto, ainda não é comum no Brasil. A maioria dos bancos e grandes lojas do país não disponibilizam o score de crédito do consumidor, muito menos os critérios usados para determinar a pontuação de cada um.

De acordo com Mario Viola, pesquisador do Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) do Rio de Janeiro e coordenador de uma pesquisa que analisa a utilização de dados pessoais por bureaus de crédito, isso esconde o fato de que essas instituições e empresas usam dados que não deveriam para analisar a concessão de crédito, fazendo com que a decisão se torne preconceituosa.

Cor de pele, orientação sexual, endereço, grau de escolaridade e até mesmo opinião política são algumas das informações que não devem ser consideradas na hora de determinar a disponibilização de crédito.

Os algoritmos carregam os mesmos preconceitos que os homens e excluem as classes menos favorecidas do acesso ao crédito. É preciso ter o cuidado de criar sistemas que não aumentem a discriminação que já ocorre na sociedade”, diz Viola. 

Score baixo

score de crédito, crédito, nome negativado, inadimplente, consumidor, serasa, scpc

A Serasa Experian ainda enumerou alguns dos principais fatores que resultam em uma pontuação baixa.

Segundo afirma o buerau, a maior parte das pessoas inadimplentes chegou nessa condição porque emprestaram o nome para parentes e amigos para conseguir crédito e nem ao menos tinham conhecimento de que estavam negativados.

Além disso, ainda foram apontados:

  • divórcio,
  • desemprego,
  • acidente,
  • doença,
  • dívidas esquecidas por conta de mudança de endereço sem que o novo local tenha sido alterado nos dados cadastrais do credor,
  • roubo de documentos pessoais ou vítimas de fraude de identidade.
Compartilhar

Sobre o autor

Guilherme Uchoa

Integrante do Núcleo de Comunicação do Grupo Skill. Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, e pós-graduado em: Apuração e Produção de Reportagem; Criação e Edição do Texto Jornalístico para Diferentes Mídias; Jornalismo Cultural; Teoria da Comunicação; Comunicação, Redes Sociais e Cibercultura; e Comunicação, Globalização e Cultura da Imagem.

Os comentários estão fechado.