R$ 20 bilhões são investidos ao ano para reforçar a segurança digital no Brasil

0

Cerca de R$ 20 bilhões são investidos ao ano para reforçar a segurança digital, com o intuito de diminuir o número de ataques e fraudes aos brasileiros.

Mesmo com todos esses esforços sendo feitos para aumentar a segurança digital, os crimes virtuais continuam acontecendo e preocupando as entidades. 

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), só no ano passado, cerca de 62 milhões de brasileiros foram vítimas de crimes virtuais, o que representa 61% da população adulta do país com acesso a internet.

Os prejuízos giram em torno de US$ 22 bilhões de acordo com a Norton Cyber Security Insights ReportApesar do grande número possível de fraudes, a mais comum é o vazamento dos dados de cartões de crédito.

De acordo com um levantamento feito pela UPX Technologies, foram registrados, até março de 2018, 77.300 casos. Isso significa que quase 80 mil pessoas físicas e jurídicas foram financeiramente lesadas.

Afinal, por mês são emitidos certa de 50 milhões de cartões, totalizando 600 milhões ao ano, e uma movimentação maior do que R$ 1 trilhão, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito e Serviços (Abecs).

Além do investimento, é necessário priorizar mais ainda a segurança e a veracidade das informações dos seus clientes, pois dessa forma os ataques terão falhas, tendo um menor alcance. Os usuários, por sua vez precisam ter maior conscientização a respeito das suas navegações, onde colocam informações pois a internet tem grandes riscos. Mesmo com tanto dinheiro investido para evitar esse tipo de coisa, os criminosos ainda conseguem burlar os sistemas.

Uma das principais formas de vazamento de informações, são erros de pequenas lojas virtuais que não tomam os devidos cuidados para que haja segurança da informação dos seus clientes.

Dessa forma, as lojas se tornam alvo fácil, já que são caminhos menos complexos de conseguir dados completos, cartões, CPFs, endereços, entre outros.

É fundamental que haja atenção do consumidor na hora de identificar e-mails falsos, em garantir que hajam certificados de segurança ou o uso de intermediadores de pagamento confiáveis para realizar transições.

Além disso, é essencial o uso de anti-virus, softwares de proteção para que os dados não sejam acessados por terceiros e senhas seguras e diferentes para cada tipo de perfil.

Somente dessa forma haverá maiores chances de um ambiente digital mais seguro, para que dessa forma as tecnologias tragam mesmo os benefícios e facilidades para o dia a dia dos usuários.

Compartilhar

Sobre o autor

Equipe Skill

Desde 1979 a nossa missão é oferecer aos nossos clientes o mais alto nível de excelência na prestação de serviços, apresentando resultados, soluções e planejamento com profissionalismo, qualidade, precisão e ética. Nossos escritórios oferecem o suporte necessário para que a equipe de profissionais SKILL atue em todas as regiões do Brasil, o que torna nossa organização capaz de atender às necessidades específicas de cada cliente, oferecendo os serviços consultoria, contabilidade e tecnologia da informação.

Os comentários estão fechado.