Juros custaram R$ 463 bilhões para empresas e famílias em 2016, revela estudo

0

Montante verificado no ano passado é quase 30% maior do que o contabilizado antes da crise, em 2013.

juros, bilhões, dinheiro, economia, renda, despesas, famílias, empresas, 2016

Segundo um estudo realizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), os juros pagos por empresas e famílias atingiram a cifra de R$ 463 bilhões em 2016.

Esse montante representa mais de 7% do PIB brasileiro.

Batizado de “Juros e Inadimplência no Brasil 2014-2016”, o levantamento ainda garante que esse valor é 28,3% maior do que o registrado em 2013 – ano anterior ao início da crise econômica no Brasil.

A Fecomercio paulista usou dados do Banco Central como base para seu estudo. Além disso, ela contemplou somente as operações formais de empréstimos, desconsiderando as operações lastreadas em recursos direcionados.

Do valor apurado pelo estudo, as famílias responderam por R$ 288,3 bilhões (62,2% do total, ou 4,46% do PIB). Esse montante está abaixo dos juros pagos pelas famílias em 2015 (R$ 293,2 bilhões), mas está acima do registrado em 2014 (R$ 251,2 bilhões).

As empresas, por sua vez, gastaram R$ 174,7 bilhões com juros em 2017 (2,7% do PIB). Em 2015 e 2014 esses valores foram de R$ 183,9 bilhões e R$ 165,8 bilhões, respectivamente.


Inadimplência

Conforme sugere o nome da pesquisa, a Fecomercio também analisou o valor da inadimplência das famílias e empresas em 2016. A constatação é que, ao final do ano passado, o valor total de inadimplência  era de R$ 89,2 bilhões. Isso representa 1,4% do Produto Interno Bruto.

Quando analisado apenas as empresas, o montante registrado em 2016 foi de R$ 39,6 bilhões – 33,5% maior do que os R$ 29,6 bilhões de 2013. Já entre as famílias, 2016 contabilizou uma inadimplência na ordem de R$ 49,6 bilhões. Com isso, houve uma queda de 7,9% em relação aos 53,9 bilhões do fim de 2013. 

Compartilhar

Sobre o autor

Guilherme Uchoa

Integrante do Núcleo de Comunicação do Grupo Skill. Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, e pós-graduado em: Apuração e Produção de Reportagem; Criação e Edição do Texto Jornalístico para Diferentes Mídias; Jornalismo Cultural; Teoria da Comunicação; Comunicação, Redes Sociais e Cibercultura; e Comunicação, Globalização e Cultura da Imagem.

Deixe um comentário