Aplicações no Tesouro Direto alcançam marca histórica

0

Os dados de novembro divulgados pelo Tesouro Direto comprovaram que esse tipo de aplicação tem ganhado mais espaço entre os brasileiros.

O Tesouro Direto atingiu uma marca recorde de aplicações com o montante investido em novembro. No mês passado foi aplicado R$ 1,8 bilhão e, com isso, o saldo total chegou a R$ 39,6 bilhões. Esse valor é 64,9% maior do que o registrado em novembro de 2015.

O número de investidores ativos chegou a 382.559 em novembro, o que representa uma alta de 73,4% em 12 meses. Já a quantidade de investidores cadastrados no programa chegou a 1,077 milhão. Nesse caso, o crescimento foi de 78,4% no mesmo período.  

O programa foi criado em 2002 como uma medida do governo para popularizar a aquisição de títulos públicos por pessoas físicas. Essas aquisições são feitas pela internet e não possuem a intermediação de agentes financeiros.

Pequenas aplicações

Em novembro foram resgatados R$ 715,2 milhões. Desse valor, R$ 669,1 milhões correspondem a recompras, enquanto que R$ 46 milhões se referem a vencimentos dos papéis.

O balanço divulgado pelo Tesouro também informou que, ao todo, foram feitas 181.498 operações de investimento em novembro. O valor médio de cada operação foi de R$ 10.142, mas a maior parte das aplicações (71,9%) foi de até R$ 5 mil.

Isso ajuda a comprovar que o programa tem sido utilizado como ferramenta para pequenos investidores.

Dentre essas pouco mais de 180 mil operações, 58,4% do total das aplicações foram por títulos indexados ao IPCA. A segunda opção mais buscada foram os papéis remunerados pela Selic, com 24,2%. Por fim, 17,4% das operações foram de títulos prefixados.

Prazos

Além disso, o Tesouro também divulgou números a respeito dos prazos das aplicações feitas em novembro. Pouco mais da metade delas (51,2%) tem duração entre um e cinco anos. Já os títulos com prazo entre cinco e dez anos representaram 29,5%, enquanto que outros 19,4% contam com vencimento acima de dez anos. 

Alternativa para o contribuinte

A expectativa é que, em 2017, o volume de aplicações feitas no Tesouro Direto cresça ainda mais. Isso porque, segundo avaliam técnicos do Tesouro, a Reforma Previdenciária pode fazer com que o interesse do contribuinte por esse programa seja ainda maior.

Existem muitos investidores que usam o Tesouro Direto como previdência. Acredito que sim, há uma grande tendência, com a reforma da Previdência, à busca por previdência complementar”, disse Leandro Secunho, coordenador-geral de Operações da Dívida Pública Federal.

Ele também explicou que as taxas de administração do Tesouro Direto tendem a ser menores do que as da previdência complementar.

 

O Grupo Skill quer saber…

urna_skill[poll id=”4″]

Compartilhar

Sobre o autor

Equipe Skill

Desde 1979 a nossa missão é oferecer aos nossos clientes o mais alto nível de excelência na prestação de serviços, apresentando resultados, soluções e planejamento com profissionalismo, qualidade, precisão e ética. Nossos escritórios oferecem o suporte necessário para que a equipe de profissionais SKILL atue em todas as regiões do Brasil, o que torna nossa organização capaz de atender às necessidades específicas de cada cliente, oferecendo os serviços consultoria, contabilidade e tecnologia da informação.

Os comentários estão fechado.