Como estabelecer uma política de preços para área de educação?

0

A política de preços nada mais é do que uma estratégia para precificar um produto ou serviço.

Mas definir esse valor de venda não é tarefa fácil, é um grande desafio para empresas de todas as áreas, inclusive para instituições de ensino.

política de preços, precificação, venda, mercado, margem de lucro, instituições de ensino, competitividade, valor, dinheiro

De um modo geral, os fatores responsáveis por estipular os preços são: posicionamento, objetivos da instituição, novos serviços e flexibilização. Por outro lado, algumas questões são específicas do setor da educação.

Neste post, vamos esclarecer os pontos necessários para estabelecer uma política de preços adequada.

É fundamental fazer uma precificação correta para garantir o lucro e a satisfação dos alunos e potenciais alunos, por isso não deixe de continuar a leitura!


Posicionamento

Uma das formas de determinar o preço é a partir da escolha do posicionamento da sua instituição. Você pode optar por valores mais baixos, focando em um público de classe média ou colocar um preço mais alto para valorizar o seu método de ensino e mirar na classe A.

As pesquisas mercadológicas são essenciais na hora de definir o valor das mensalidades. É importante considerar o público-alvo para não correr o risco de espantar os alunos ou os pais dos alunos.


Objetivos

A política de preços pode ser determinada em função dos objetivos da instituição. Deve-se considerar questões como: o que fazer para atingir um grupo de alunos, como maximizar o lucro sem perder espaço no mercado, como encarar e prevenir a competição.

Para atrair um grupo maior de estudantes, por exemplo, ofereça serviços diferenciados, que não são encontrados nas instituições concorrentes. Nesse caso, a mensalidade pode até ser um pouco mais alta.

política de preços, precificação, venda, mercado, margem de lucro, instituições de ensino, competitividade, valor, dinheiro
Novos cursos

No caso de novos cursos, a empresa pode optar por preços mais baixos para entrar no mercado e conquistar mais clientes.

Se for uma inovação, você consegue fixar os preços em um nível mais alto e, posteriormente, fazer uma redução gradativa dos valores.

Se sua escola ou faculdade tem um método inovador, opte por uma mensalidade mais cara, atraindo os clientes pelo seu diferencial. Se sua instituição segue uma metodologia tradicional, você pode colocar um valor um pouco abaixo da concorrência para aumentar o número de matrículas.


Flexibilização

Esse fator possibilita diferentes precificações do mesmo produto considerando o perfil do potencial aluno. Instituições de uma mesma rede podem ter mensalidades diferentes dependendo da cidade ou do bairro em que estão localizadas.

Cursos superiores que consomem a mesma quantidade de recursos financeiros em uma instituição de ensino podem apresentar preços diferentes de acordo com a sua visibilidade no mercado.

política de preços, precificação, venda, mercado, margem de lucro, instituições de ensino, competitividade, valor, dinheiro

O que considerar na hora de definir uma política de preços

A área da educação possui legislação específica, definindo que as mensalidades sejam fixadas uma vez ao ano, exceto quando o curso for semestral. Isso não permite reajustes nos valores a qualquer momento, portanto é necessário considerar todos os custos para que não haja prejuízo no final do mês.

Mas afinal, o que deve ser considerado para determinar os preços das mensalidades?

  • Custos com divulgação e captação de alunos: gastos com panfletos, faixas, equipe de marketing.
  • Custos com equipe técnica: salários de professores e de outros funcionários.
  • Custos de materiais: gastos com materiais de secretaria, cozinha e limpeza.
  • Contas do imóvel: aluguel, contas de luz, água, telefone.
  • Custos com a parte didática e pedagógica: compra de brinquedos, livros, computadores, material esportivo e laboratorial, capacitação de docentes.
  • Custos com materiais de uso coletivo: produtos de higiene, copos descartáveis, giz, pincel, folha.

Além do que foi mencionado acima, é importante considerar a capacidade do estabelecimento, quantos discentes terão em cada curso e também a margem de lucro. Os valores cobrados podem ser diferentes dependendo do ano e do curso em que o estudante está matriculado.

Antes de expor as mensalidades no mercado, é essencial fazer uma pesquisa dos preços das instituições concorrentes para que você adote um valor que seja competitivo!

Fonte: Gennera

Compartilhar

Sobre o autor

Fonte

Esta é uma réplica publicada na fonte acima. As opiniões veiculadas no texto não refletem necessariamente a opinião do Grupo Skill.

Os comentários estão fechado.