Dicas práticas para otimizar a gestão do seu e-commerce

0

Otimizar a gestão do e-commerce é o primeiro passo para quem quer aumentar a receita e expandir um empreendimento.

Mas graças à informalidade dos negócios digitais, às vezes é complicado entender o que precisa ser melhorado e o que deve ser mantido da forma que está.

Para lhe ajudar nessa situação, nós listamos 5 dicas para otimizar a gestão do seu e-commerce. Acompanhe o texto e coloque tudo em prática hoje mesmo!

1. Defina metas usando KPIs

Para gerir um negócio, você precisa ter em mãos dados concretos que indiquem o real desempenho de cada ação de divulgação e de cada produto disponível. Por isso a definição de indicadores-chave de desempenho (KPI) é fundamental. É por meio desses KPIs que podemos montar metas e “forçar” uma melhoria no desempenho da loja.

Alguns KPIs que você deve acompanhar são:

  • taxa de conversão;
  • valor do ticket médio;
  • taxa de abandono no checkout;
  • visitantes frequentes;
  • compras concluídas;
  • desempenho de cada produto;
  • desempenho de cada categoria de produtos.

2. Tenha um SAC eficiente

Grande parte da gestão do e-commerce consiste em atender clientes, concorda? Isso significa que um SAC robusto é capaz de fornecer uma dezena de métricas, além de assegurar a efetividade e a qualidade de sua loja.

Então se seu SAC está dando problemas, não está fornecendo métricas suficientes ou está sendo pouco eficiente e muitas reclamações têm parado no Reclame Aqui, é hora de investir um pouco mais nessa área.

3. Prepare-se para sazonalidades

É comum que qualquer comércio tenha períodos de alta (normalmente perto do Natal) e de baixa (comumente associado ao período de férias escolares). Isso significa que é possível prever a quantidade de trabalho que você e seus funcionários terão no decorrer do ano.

Dessa forma, um planejamento bem estruturado ajuda seu e-commerce a atender todas as demandas em períodos de pico e, ainda assim, assegurar as devidas férias e descansos para seus colaboradores.

4. Invista no layout da loja

Aspectos visuais influenciam muito no desempenho de um e-commerce. O site precisa ser intuitivo, evitando que os clientes precisem de ajuda do suporte para questões simples como fechar uma compra, achar informações sobre os produtos ou mudar a forma de pagamento.

Assim, contratar um web designer especializado em experiência do usuário (UX) é uma ótima opção. Esse profissional reformulará o layout de sua loja e a fará mais bonita e intuitiva para os clientes.

5. Implemente um sistema ERP

Além dos fatores que tratamos, a coisa mais básica e necessária para otimizar a gestão do e-commerce é a automação e a centralização das informações. Quanto mais processos forem feitos automaticamente e mais fácil for a coleta de dados, melhor e mais confiável será a gestão.

É possível fazer isso por meio de um software de gestão ERP. Esse tipo de solução integra vários setores de sua loja, fazendo, por exemplo, com que os pedidos sejam feitos à medida que o estoque reduz. Além disso, você tem todas as informações na tela do seu computador em uma única página, evitando o trabalho de ter que ir no estoque, depois encontrar os fornecedores para, então, fazer o pedido.

De um modo geral, as práticas que favorecem a gestão são essas. Assim que você começar a implementá-las, perceberá a diferença tanto na forma de trabalhar quanto na receita gerada pelo seu negócio. Mas lembre-se: otimizar a gestão do e-commerce é um passo fundamental para que você consiga crescer ainda mais.

 

Fonte: ArtSoft

Compartilhar

Sobre o autor

Guilherme Uchoa

Integrante do Núcleo de Comunicação do Grupo Skill. Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, e pós-graduado em: Apuração e Produção de Reportagem; Criação e Edição do Texto Jornalístico para Diferentes Mídias; Jornalismo Cultural; Teoria da Comunicação; Comunicação, Redes Sociais e Cibercultura; e Comunicação, Globalização e Cultura da Imagem.

Deixe um comentário