Internet na educação: 9 conceitos para desmistificar o “internetês” nas instituições!

0

É inegável que a “era informacional” veio para contribuir, e muito, com o ambiente educacional.

Principalmente para os gestores que usufruem de bons recursos tecnológicos para otimizar processos que a instituição possui.

internet, internet na educação, termos técnicos, gestão empresarial, gestão escolar, instituição de ensino

O uso da internet está presente no cotidiano das pessoas já de uma forma intrínseca. Seja por meio de smartphones, tablets, desktops ou notebooks, a tecnologia já é algo inerente aos afazeres de qualquer profissional, para tratar de negócios ou para mero entretenimento.

Com a internet na educação é possível notar uma linguagem própria, que muitos dos “nativos digitais” da geração Z dominam com maestria, até preocupando muitos educadores e família. Entretanto, não há o que temer, pois essa linguagem também proporciona um conhecimento específico.

Que tal desmistificarmos o “internetês” de uma vez por todas? Confira 9 conceitos de palavras que você precisa aprender!

1. Nuvem

Da mesma forma que as nuvens na natureza acumulam as gotas de chuva, as digitais são capazes de acumular vários tipos de arquivos e a pessoa pode utilizá-los logando em diversos aparelhos — notebooks, tablets, smartphones etc.

2. Escalabilidade

O conceito de escalabilidade está relacionado à forma como o sistema se comporta tendo vários tipos de processos para identificar, ou seja, a habilidade de manipular uma grande porção de trabalho, que está em crescimento, de maneira que seja uniforme e minimize os impactos do processamento.

3. SaaS

A sigla é do termo Software as a Service, que significa ter um programa como um serviço. As pessoas não precisam mais pagar pelo produto, e sim apenas pelo serviço que é prestado — o Photoshop.com é um bom exemplo disso.

4. E-learning

A palavra tem origem na expressão eletronic learning, que significa aprendizado eletrônico. Seria, basicamente, uma maneira de ensino a distância, que possibilita ao estudante ter uma experiência de autoaprendizado muito mais ampla.

5. Compliance

Tem como intuito fazer um diagnóstico de como está o funcionamento da empresa em suas mais variadas questões, ou seja, vai identificar se as condutas, normas e regras estabelecidas, seja no âmbito externo ou interno, estão sendo cumpridas.

6. ERP

É um tipo de programa que serve para trazer uma eficiência maior nos processos de gestão administrativa, pois organiza as informações de uma maneira mais sucinta e provém a comunicação entre os setores para minimizar a entropia na rede de comunicação interna, sendo que um software de gestão escolar consegue assumir esse papel.

7. Backup

Esse é um termo mais comum do conhecimento das pessoas, mas vale a pena mencionar. O backup é uma espécie de cópia de segurança de documentos, imagens, vídeos ou qualquer outro arquivo que uma pessoa ou empresa deseja guardar para se preservar no caso de alguma formatação de máquina.

8. Datacenter

De uma maneira geral, o Datacenter é um ambiente desenvolvido para abrigar sistemas de armazenamento de dados, ativos de rede e servidores. Isto é, ele garantirá que procedimentos vitais da empresa sejam acessados, por isso é importante ter uma boa infraestrutura, segurança física, refrigeração, boa energia e um combate contra incêndios.

9. API

Tem a finalidade de promover a interação de um aplicativo com outro dentro da internet. Um grande exemplo disso é o Google Maps, que pode ser vinculado a outros sites para finalidades específicas daquele negócio.

Desenvolver uma instituição de alta qualidade, eficiente e inovadora requer esforços que compreendem os mais diversos setores dentro da administração escolar e, por isso, a tecnologia beneficia o controle do que precisa ser feito para alcançar os índices necessários e torna-se sinônimo de credibilidade no ensino.

A internet na educação é uma realidade e os gestores de instituições de ensino que conseguem se adaptar o mais breve possível aos avanços tecnológicos darão uma vantagem competitiva sustentável às instituições que gerenciam.

 

Fonte: Gennera

Compartilhar

Sobre o autor

Fonte

Esta é uma réplica publicada na fonte acima. As opiniões veiculadas no texto não refletem necessariamente a opinião do Grupo Skill.

Deixe um comentário